Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Institucional Governadoria Secretário-Chefe do Gabinete Civil

Secretário-Chefe do Gabinete Civil

Secretário-Chefe do Gabinete CivilAlagoano de Pão de Açúcar, Álvaro Antônio Melo Machado dedicou sua vida profissional ao setor público e, em especial, à saúde dos mais carentes. Formado em Medicina em 1981 pela Universidade Federal de Alagoas, especializou-se em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz em 1987. Deu início a sua carreira logo depois de graduado, ingressando no quadro efetivo do Ministério da Saúde, no qual se firmou médico da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Filho do juiz de direito Átila Pinto Machado e da professora Maria Carmelita Melo Machado, Álvaro é casado com a psicóloga Arlene Machado e tem quatro filhos: Felipe, Ana Luísa, Ana Carolina e Rafael. Ocupou diversos cargos em sua trajetória profissional, a maioria deles no Governo Federal.

Atuou como coordenador regional da Funasa em Alagoas e, a convite do Ministro da Saúde, Adib Jatene, foi trabalhar em Brasília em 1994 no Governo Itamar Franco. Tornou-se, naquele ano, o primeiro servidor daquela instituição a ser presidente – ocasião em que o Brasil, graças ao trabalho da Funasa, obteve o Certificado Internacional de Erradicação da Poliomielite, uma conquista da sociedade brasileira. Coordenou, ainda como presidente da Funasa, o lançamento do Programa Saúde da Família (PSF), que hoje é um sucesso em todo o país.

Foi Secretário Nacional de Políticas de Saúde e coordenador da Comissão Intergestores Tripartite. Durante quatro anos representou o Ministério da Saúde no Conselho Diretor do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, um dos maiores hospitais universitários da América do Sul. Representou o Brasil diversas vezes em eventos na Organização Mundial de Saúde (OMS), em Genebra-Suiça, nos Estados Unidos, Venezuela, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina.

Em 1997, o Governo do Estado de São Paulo, por intermédio do governador Mário Covas, outorgou-lhe a Medalha Instituto Butantã em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à saúde pública brasileira.

Álvaro Machado ocupou outros cargos ligados aos mais necessitados. De 1999 a 2000, foi Secretário Nacional de Políticas de Assistência Social, do Ministério da Previdência e Assistência Social. Voltou ao cenário local em janeiro de 2001, sendo Secretário Estadual de Assistência Social. De maio de 2001 a janeiro de 2005, foi Secretário Estadual de Saúde, sendo o segundo secretário na história de Alagoas em tempo de permanência naquela pasta. Nesse período, foi vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass).

Ações do documento