Notícia

Gabinete Civil

Gabinete Civil do Estado de Alagoas
Segunda, 04 Maio 2020 17:43
Luto

Com mais de 50 anos dedicados à política alagoana, morre ex-governador Guilherme Palmeira 

Guilherme Palmeira foi um dos políticos mais populares da história de Alagoas

Ex-governador Guilherme Palmeira Ex-governador Guilherme Palmeira Foto: Assessoria
Texto de Renata Bertolino

O 51º governador de Alagoas, Guilherme Gracindo Soares Palmeira, morreu na madrugada desta segunda-feira (4), aos 81 anos de idade. Guilherme Palmeira governou Alagoas de 1979 a 1982, nomeado pela Assembleia Legislativa, e foi um dos políticos mais populares da história de Alagoas. 

Em mais de 50 anos dedicados à carreira pública, atuou como senador (1983-1988 e 1991-1999), constituinte (1987-1988), deputado estadual (1967 - 1978 ),  prefeito de Maceió (1989-1990), e ministro do Tribunal de Contas da União (1999-2008).

O governador Renan Filho manifestou, por meio de redes sociais, solidariedade e destacou as virtudes de Guilherme Palmeira como político. “Recebo com profundo pesar a notícia do falecimento de Guilherme Palmeira, um homem público que honra Alagoas e o Brasil. Em todas as missões que desempenhou - deputado estadual, governador, senador, prefeito de Maceió, ministro do TCU - foi exemplar. Antes de tudo um democrata convicto, que cultivava o diálogo e a moderação. Alagoas rende homenagens a esse seu filho querido. Sinceros sentimentos, meus e de Renata, ao prefeito de Maceió, Rui Palmeira, e a toda sua família.

Secretário Fábio Farias (Foto: Thiago Sampaio)

Ainda em quarentena, pelo tratamento contra a Covid-19, o secretário-chefe do Gabinete Civil, Fábio Farias, declarou que mantinha laços familiares e de profunda amizade com o ex-governador, e relembrou as virtudes humanistas e do político amigo. 

“Poucos homens públicos de Alagoas tinham uma carreira tão brilhante como o ex-governador Guilherme Palmeira. Foram vários cargos públicos ocupados, que fez-lhe honrar a tradicional família que, politicamente, é muito importante para o Estado de Alagoas. Ele era meu amigo e uma pessoa do bem, que tratava a todos com muita atenção, carinho, e humildade, um humanista por natureza. Aquela risada larga e o bom papo vão deixar muita saudade”. 

A família do ex-governador informou que o sepultamento acontecerá nesta segunda-feira, mas não será possível a realização de velório, por conta das medidas de isolamento social, em prevenção ao coronavírus.